Os níveis de consciência no espiritismo


Os níveis de consciência no espiritismo indicam a jornada evolutiva através de cinco níveis da consciência que vão desde a Consciência de sono sem sonhos até a Consciência cósmica.


Os níveis de consciência no espiritismo


Aula Anterior:

A conquista da consciência no Espiritismo


Veja também…

Vídeo: O que é consciência?

A concepção de consciência na Psicologia Analítica de Jung


Os cinco níveis da consciência no espiritismo

Segundo Joanna De Ângelis

Excertos da obra: O ser consciente, de Divaldo Pereira Franco, ditado pelo espírito de Joanna De Ângelis.


[…] De Ropp classificou os níveis de consciência em cinco estágios:

  • Consciência de sono sem sonhos;
  • Consciência de sono com sonho;
  • Consciência de sono acordado;
  • Consciência de transcendência do eu; e
  • Consciência cósmica.

Primeiro nível: Consciência de sono sem sonhos

No primeiro nível — quando se transita no sono sem sonhos — apenas os fenômenos orgânicos automáticos se exteriorizam, assim mesmo sem o conhecimento da consciência, tais: respiração, digestão, reprodução, circulação sanguínea…

Como se estivesse anestesiada, ela não tem ação lúcida sobre os acontecimentos em torno da própria existência, e a ausência de vontade do indivíduo contribui para o seu trânsito lento do instinto aos pródromos da razão…


Segundo nível: Consciência de sono com sonhos

No segundo nível, o sono com sonhos, ele libera clichês e lentamente incorpora-os à realidade, passando pelas fases dramáticas — os pesadelos, os pavores — para os da libído — ação dos estímulos sexuais — e os reveladores — que dizem respeito à parcial libertação do Espírito quando o corpo está em repouso…


Terceiro nível: Consciência de sono acordado

O desenvolvimento da consciência atinge o terceiro nível, o de sono acordado, no qual a determinação pessoal, aliada à vontade, conduz o ser aos ideais de enobrecimento, à descoberta da finalidade da sua existência, às aspirações do que lhe é essencial, ao auto encontro, à realização total.


Quarto nível: Consciência de transcendência do eu

Naturalmente, a partir daí, ascende ao quarto estado, que é a descoberta da transcendência do eu, a identificação consigo mesmo, com a consequente liberação do Eu profundo, realizando a harmonia íntima com os ideais superiores, seu real objetivo psicológico existencial.

A superação dos conflitos, das angústias, a desidentificação dos conteúdos psicológicos afugentes, permitem a iluminação, e a próxima é a meta da vinculação com a consciência cósmica.


Quinto nível: Consciência cósmica

Nem sempre, porém, o homem e a mulher conseguem alcançar esse nível ideal, fenômeno que, não obstante, será realizado através das reencarnações que lhes facultarão a vitória sobre os carmas negativos e, mediante as leis de causa e efeito, passo a passo, em esforço contínuo poderão fazê-lo.

[…]Outrossim, (Jesus) alertou sobre o imperativo de fazer-se ao próximo o que se gostaria que este lhe fizesse, fixando no amor o processo de libertação, na ação edificante o meio de crescimento e na oração fortalecedora a energia que proporciona o desiderato.

Esse desempenho favorece a perfeita identificação do sentimento com o conhecimento, resultando na conquista do Eu profundo em sintonia com a Consciência Cósmica.

Boa aula!


Vídeo: Os níveis de consciência