Inconsciente

O que significa Inconsciente?

Dicionário Junguiano: Para Jung o Inconsciente é potencialmente criativo e não um depósito de emoções e pensamentos reprimidos…

Inconsciente – Dicionário Junguiano

Dicionário Junguiano

Inconsciente


Jung concebe o Inconsciente como tudo aquilo na psique que não é relacionado com o ego e lhe atribui uma função criativa.

A função criativa acontece em razão de que todo conteúdo que se torna consciente emergiu da inconsciência, sendo, então, o Inconsciente a origem dos conteúdos conscientes, inclusive o próprio ego.

Para Jung é potencialmente criativo e não um depósito de emoções e pensamentos reprimidos.

O inconsciente, pelo contrário, é a fonte de todas as forças instintivas da psique e encerra as formas ou categorias que as regulam, quais sejam precisamente os arquétipos. Todas as ideias e representações mais poderosas da humanidade remontam aos arquétipos. (Carl Gustav Jung, A natureza da psique – § 342).

Nele encontra-se tudo aquilo que não foi tomado conhecimento que se situam num espaço psíquico com leis e funções, assim como é com o a consciência:

Inconsciente – Dicionário Junguiano

Para mim não há a menor dúvida de que todas as atividades que se efetuam na consciência podem processar-se também no inconsciente. Há inúmeros exemplos em que um problema intelectual sem solução no estado de vigília foi resolvido durante em sonhos. (Carl Gustav Jung, A natureza da psique – § 299).

Sendo assim, caracteriza-se por ser amplo e inexaurível e com conteúdos que podem ou não se tornar conscientes e deve ser entendido como um conceito exclusivamente psicológico.

[…] o inconsciente, enquanto totalidade de todos os arquétipos, é o repositório de todas as experiências humanas desde os seus mais remotos-inícios: não um repositório morto — por assim dizer um campo de destroços abandonados — mas sistemas vivos de reação e aptidões, que determinam a vida individual por caminhos invisíveis e, por isto mesmo, são tanto mais eficazes. (Carl Gustav Jung, A natureza da psique – § 339).

Daryl Sharp, em sua obra: Léxico Junguiano: Dicionário de termos e conceitos, menciona ainda outra função:

O inconsciente contém também “funções psicóides”, que não são capazes de consciência e das quais temos apenas um conhecimento indireto, como o relacionamento matéria e espírito.

A psicologia junguiana compreende o Inconsciente Coletivo e o Inconsciente Pessoal.

Ver: Inconsciente Pessoal, Inconsciente Coletivo

Paulo Rogério da Motta