Inconsciente Coletivo

O que significa Inconsciente Coletivo?

Dicionário Junguiano: É a herança psíquica humana. Responsável pela produção espontânea de mitos, ideias religiosas e sonhos…

Inconsciente Coletivo – Dicionário Junguiano

Dicionário Junguiano

Inconsciente Coletivo


No Inconsciente Coletivo estão os fundamentos estruturais e as camadas mais profundas da psique e constitui-se dos materiais que foram herdados da humanidade.

O Inconsciente Coletivo é o resíduo psíquico do desenvolvimento evolutivo humano, um resíduo que se acumula em consequência de repetidas experiências ao longo de muitas gerações.

Jung postula que o ser humano não nasce como uma ‘tábula rasa’.

A existência do Inconsciente Coletivo indica que a consciência individual não é absolutamente isenta de pressupostos. Ao contrário: acha-se condicionada em alto grau por fatores herdados, sem falar, evidentemente, das inevitáveis influências que sobre ela exerce o meio ambiente. (Carl Gustav Jung; A natureza da psique – § 230).

Assim como o organismo humano é fruto da evolução de gerações e gerações e que cada ser humano ao nascer herda esta herança biológica, a mesma ideia serve para a psique humana.

O Inconsciente Coletivo é a formidável herança espiritual do desenvolvimento da humanidade que nasce de novo na estrutura cerebral de todo ser humano. (Carl Gustav Jung; A natureza da psique – § 342).

Inconsciente Coletivo – Dicionário Junguiano

O Inconsciente Coletivo ou Psique Objetiva é a parte do inconsciente que se distingue do inconsciente pessoal e constituído por imagens primordiais ou arquétipos.

Arquétipos são predisposições ou potencialidades existentes na psique humana, ou seja, universais e herdadas e que não dependem da experiência pessoal para existirem, mas que somente são ativadas pelas experiências de vida.

O Inconsciente Coletivo compreende toda a vida psíquica dos antepassados desde os seus primórdios. (Carl Gustav Jung; A natureza da psique – § 230).

A Psique Objetiva é a herança psíquica do ser humano e uma analogia que auxilia a ideia do Inconsciente Coletivo é a de que assim como o ser humano tem sua herança biológica, ele também tem a sua herança psíquica.

O conceito de um Inconsciente Coletivo ou transpessoal, é um dos aspectos mais originais e controversos da teoria de Jung da personalidade.

É nessa camada do inconsciente que todos os humanos são iguais.

Assim, a Psique Objetiva consiste de conteúdos que são disposições latentes que podem se manifestar nas reações do ser humano em suas experiências de vida.

São pré-disposições que estimulam o comportamento pessoal.

Os instintos e os arquétipos formam conjuntamente o Inconsciente Coletivo. Chamo-o “coletivo”, porque, ao contrário do inconsciente acima definido, não é constituído de conteúdos individuais, isto é, mais ou menos únicos, mas de conteúdos universais e uniformes onde quer que ocorram. O instinto é essencialmente um fenômeno de natureza coletiva, isto é, universal e uniforme, que nada tem a ver com a individualidade do ser humano. Os arquétipos têm esta mesma qualidade em comum com os instintos, isto é, são também fenômenos coletivos. (Carl Gustav Jung; A natureza da psique – § 270).

Portanto, o Inconsciente Coletivo é a base herdada, racial, de toda a estrutura.

Sobre ele são erigidos o ego, o Inconsciente Pessoal e todas as outras aquisições individuais.

O Inconsciente Coletivo é o responsável pela produção espontânea de mitos, visões, ideias religiosas e certas variedades de sonhos que são comuns a diversas culturas e períodos da historia.

Paulo Rogério da Motta