Ela e ele, Anima e Animus


Ela e ele no mundo dos arquétipos.

Anima é ela.

Animus é ele.

Ela está nele e ele está nela.

Anima e animus são pontes para o relacionamento homem e mulher.

Ela e ele - Anima e Animus


Ela e ele no mundo dos arquétipos


Anima e Animus representam pontes que permitem o encontro do eu com o (a) outro (a).

Ela e ele, Anima e Animus são pontes para o relacionamento homem e mulher no mundo externo e pontes internas na psique para o relacionamento consciência e inconsciente.

Ao viver com a mulher ao longo das épocas, psiquicamente, o homem se feminilizou; ao viver com o homem, a mulher se masculinizou.

Estes arquétipos são fortemente influenciados pelos padrões culturais, isto é, pelo que é considerado pela sociedade como especificamente feminino ou masculino.

Estes arquétipos motivam cada sexo a responder e compreender os membros do outro sexo.

O homem herda psiquicamente uma imagem da mulher e, inconscientemente, configura sua percepção da mulher baseado nessa herança psíquica.

O mesmo acontece com a mulher em relação ao homem.

Ele e ela como heranças psíquicas.


Vídeo:O que significa Anima?


Anima e Animus


A anima e o animus enquanto inconscientes são, geralmente, projetados em pessoas do sexo oposto e assim surgem as idealizações do homem e da mulher ideal.

Cabe a um ego estruturado discernir as personificações da influência destes arquétipos a fim de estabelecer relações reais com o parceiro

A anima costuma ser representada como: princesa, fada, ninfa, musa, sereia, entre outras.

A presença da anima pode suscitar sentimentos e estados de humor alterados, sensibilidade e irracionalidade.

O animus costuma ser representada como: príncipe, herói, feiticeiro, guerreiro, entre outros.

A presença do animus pode suscitar sentimentos e estados de rigidez, indiferença e racionalidade.

A busca da completude é a integração dos opostos e no mundo externo isso representa a ideia da busca da alma gêmea.

Jung utilizou uma expressão da alquimia: coniunctio, que significa o casamento sagrado ou união divina.

O processo de maturidade psicológica passa necessariamente pela relação madura com a contraparte psíquica sexual.

Portanto, para que a personalidade humana seja harmoniosa e sua psique atue de maneira equilibrada na vida é preciso ao homem que desenvolva seu lado feminino da personalidade e que a mulher desenvolva seu lado masculino da personalidade.

Ela e ele convivendo nele e nela!

Paulo Rogério da Motta


Vídeo: O que significa Animus?