As deusas vulneráveis

As deusas vulneráveis na psique feminina são orientados para os relacionamentos significativos.

São as deusas: Hera, Deméter e Perséfone.

As deusas vulneráveis

A autora Jean Shinoda Bolen diz que deusas habitam a psique feminina, são presenças arquetípicas femininas que fazem parte da natureza da mulher e apresentam características que também são presentes na Anima do homem.

A autora, em sua obra: As deusas e a mulher: nova psicologia das mulheres, dividiu em três categorias as deusas na psique da mulher:

  • As deusas virgens
  • As deusas vulneráveis
  • As deusas alquímicas ou transformativas

Após estudarmos As deusas virgens estudemos agora “As deusas vulneráveis”.

As deusas vulneráveis

Por que deusas vulneráveis?


A explicação é dada por Jean Shinoda Bolen na obra já citada:

Em suas mitologias, essas três deusas foram estupradas, raptadas, dominadas ou humilhadas pelos deuses. Cada uma sofreu quando uma ligação foi rompida ou desonrada.

Cada uma experienciou a impotência, e cada uma reagiu a seu modo – Hera com raiva e ciúme, Deméter e Perséfone com depressão.

Prossegue a autora:

O enfoque da atenção é nos outros, não num objetivo exterior ou estado interior. Consequentemente, as mulheres identificadas com essas deusas são atenciosas e receptivas com os outros, são motivadas pelas recompensas do relacionamento – aprovação, amor, atenção – e pela necessidade do arquétipo: casar (Hera), alimentar (Deméter) ou ser dependente (Perséfone enquanto Core). Para essas mulheres, cumprir os papéis tradicionais das mulheres pode ser pessoalmente significativo.


As deusas virgens


Deusas:

  • Hera
  • Deméter
  • Perséfone

Características:

Necessidades que as mulheres têm de adoção e vínculo, sensibilidade e crescimento através do sofrimento.

Como arquétipos, representam os papéis tradicionais de esposa, mãe e filha e orientados para o relacionamento e suas identidades e bem-estar dependem de um relacionamento significativo.


Hera

Hera

Hera, conhecida como Juno pelos romanos, é considerada a deusa do casamento.

Era esposa de Zeus, deus principal do Olimpo.


Deméter

Deméter

Deméter, a deusa romana Geres, era a deusa dos cereais.

Mãe de Perséfone.


Perséfone

Perséfone

Perséfone, em latim Prosérpina, deusa das profundezas e da primavera, era filha de Deméter.

Os gregos a chamavam de Core, “a jovem”.


Paulo Rogério da Motta

As deusas na mulher


Mais de “As deusas na mulher”: