Como ativar as deusas alquímicas ou transformativas

Ativar as deusas alquímicas ou transformativas motiva a valorização do processo criativo e recepção às mudanças.

São as deusas: Afrodite e Psiquê.

Como ativar as deusas alquímicas ou transformativas

Vimos que as deusas são presenças arquetípicas na psique feminina e potencialidades da anima do homem.

A autora Jean Shinoda Bolen, em sua obra: As deusas e a mulher: nova psicologia das mulheres, dividiu em três categorias as deusas na psique da mulher:

  • As deusas virgens
  • As deusas vulneráveis
  • As deusas alquímicas ou transformativas

A inclusão de Psiquê, como já mencionado em artigos anteriores, mesmo tendo nascido como mulher mortal, se deve à sua transformação em deusa ao se casar com o deus do amor Eros.

O mito você pode conferir aqui: O mito de Eros e Psiquê.

Os arquétipos se manifestam através da observação e da experiência e os caminhos aqui apresentados para ativar as deusas são justamente a sugestão de vivências afinadas com as características das imagens arquetípicas das deusas.

Após estudarmos as suas características vejamos agora como ativar As deusas alquímicas ou transformativas.

As deusas alquímicas ou transformativas

Ativar as deusas alquímicas ou transformativas


Como arquétipo motiva as mulheres a procurarem intensidade nos relacionamentos, em vez da permanência neles; motiva-as a valorizarem o processo criativo e a serem receptivas às mudanças.


Deusas:

  • Afrodite
  • Psiquê

Propósitos:

Transformação, protagonismo e criatividade.


Qualidade da percepção:

A consciência é enfocada e, contudo, receptiva; tal consciência igualmente compreende o que é presenciado, e é afetada por isso.

A luz é análoga às luzes do teatro que iluminam o palco.


Afrodite

Afrodite

Habilidade de apreciar o prazer e a beleza; de ser sensual e criativa; protagonismo; comunicação.


Funções mais ativas:

Sentimento/Sensação


Práticas para ativar a deusa:

  • Invocar a deusa
  • Danças (circulares, ventre)
  • Relação positiva com o próprio corpo
  • Quebra de rotinas
  • Arte que envolva criatividade
  • Estimulação dos sentidos

Psiquê

Psiquê

Habilidade de cativar; de provocar a ternura; promover o romance, a superação.


Funções mais ativas:

Pensamento/Intuição


Práticas para ativar a deusa:

  • Invocar a deusa
  • Ler e escrever poesias e romances
  • Sensibilizações
  • Rituais de veneração e gratidão
  • Lista de sonhos e metas

As deusas na mulher

Paulo Rogério da Motta


Mais de “As deusas na mulher”: