A psique na Psicologia Analítica

A psique é o meio pelo qual o ser humano percebe, apreende e significa tuco com o que tem contato.

Toda experiência humana é vivida através da psique.

A psique, assim, é a origem e o destino de tudo o que acontece na vida humana.

Há um mundo para todos e há um mundo para cada um… Este mundo é a psique!

Estudemos, então, a psique sob a ótica da Psicologia Analítica, a psicologia criada por Carl Gustav Jung.

Na psicologia junguiana a meta maior do ser humano é a busca de si mesmo e esta busca acontece na psique.

A psique na Psicologia Analítica

 

A psique na Psicologia Analítica


Psique, dize-me quem sou?

Psique, o labirinto interno…

Psique, a fonte da sabedoria humana…

A psique na Psicologia Analítica é a totalidade de todos os processos psicológicos.

E há que se conceituar a psique como uma “totalidade”, ou seja, os sistemas que compõem a psique são interatuantes, sejam eles conscientes ou inconscientes.

Jung dizia que qualquer teoria que pretendesse abranger por completo a psique estaria inevitavelmente condenada ao fracasso devido à complexidade dos fenômenos psíquicos.

Por isso, é importante destacar desde já que uma teoria da psique é simplesmente uma construção teórica para que se possa estudar e compreender melhor a psique, mas, de forma alguma, é um espelho de sua realidade.

A psique é algo dinâmico e inter-relacionado, e simbolicamente falando, a teoria é como uma “foto” que é apresentada ao ego para que ele possa contemplar a psique, mas uma foto não pode espelhar a sua dinâmica.

A psique na Psicologia Analítica

A divisão da psique em níveis de atuação é somente uma construção teórica e não a sua realidade, pois não há momento na vida do ser humano em que ele atue exclusivamente em somente um nível de atuação.

Em todo momento a psique humana é consciente e inconsciente, sendo assim, a fragmentação da psique em níveis de atuação, repito e enfatizo, é somente uma construção teórica para que possamos estudá-la.

A psique na psicologia de Jung contempla a ideia de que o ser humano é uma totalidade, portanto, descarta a visão do homem como um ser fragmentado.

Isto significa que a psique deve ser vista como algo holístico.

Este conceito da totalidade humana indica que o ser humano já nasce como um todo e seu papel é o de desenvolver todo o potencial que está nele encerrado em sua psique.

Sendo assim, a Psicologia Analítica visa a busca da unidade essencial que há no indivíduo e propõe que o desenvolvimento humano consiste no despertar e enriquecimento das potencialidades internas.

Toda experiência humana é vivenciada psiquicamente e é na psique que o ser humano constrói a sua sabedoria e apreende o que vivenciou.

Desta forma, a psique é a origem e o destino de todo o conhecimento humano.

A psique na Psicologia Analítica atua através de três níveis:

  • Consciência
  • Inconsciente Pessoal
  • Inconsciente Coletivo

Paulo Rogério da Motta


Vídeo: A psique na Psicologia Analítica


Mais de Estrutura da Psique